Noticias Gerais
 
Suspeitos tentam atirar na cabeça de vítima e arma falha
 
Três suspeitos armados com facas e uma garrucha invadiram casa localizada no Setor 8
 
Autor: Redação // Data: 12/09/2018 // Fonte: g1/RO
 

Banhistas registraram o momento em que 14 homens são resgatados após um barco de turismo virar, em Itanhaém, no litoral de São Paulo. Com o auxílio de pranchas, surfistas conseguiram retirar pelo menos metade das vítimas do local. Um pescador, de 39 anos, acabou se afogando e morreu antes da chegada do socorro.

 

O acidente ocorreu na tarde deste domingo (16). O barco “Pampo IV” preparava-se para entrar na barra do município, em direção ao Rio Itanhaém, após uma expedição de pesca na Ilha da Queimada Grande, a 35 quilômetros da costa. Na zona de rebentação das ondas, ele foi atingido e virou

 

Nas imagens obtidas pelo G1 na manhã desta segunda-feira (17), é possível ver o desespero das equipes para retirar os pescadores em meio ao mar agitado. Os registros foram feitos minutos após o barco virar e ter parte da estrutura destruída. Os pedaços se espalharam por 500 metros na orla.

 

Barco pesqueiro Pampo IV virou após ser atingido por ondas em Itanhaém (SP) — Foto: Reprodução/Facebook

Barco pesqueiro Pampo IV virou após ser atingido por ondas em Itanhaém (SP) — Foto: Reprodução/Facebook

 

O emborcamento foi visto pelo guarda-vidas Daniel de Oliva, de 36 anos. Morador da cidade, ele se aproximava da praia para ver as condições do mar quando avistou o exato instante em que a embarcação foi surpreendida por uma das fortes ondas, que chegavam a dois metros de altura.

 

“Cheguei primeiro que os Bombeiros. Vi o barco virar, de uma vez. Como conheço a área, entrei na água e fui até um banco de areia. Lá, por conta da correnteza, as vítimas foram chegando perto de onde eu estava e pude auxiliar no resgate”, disse ele, que teve a ajuda de dois amigos surfistas.

Oliva auxiliou no resgate de pelo menos sete dos pescadores que estavam na embarcação. O restante do grupo, que estava em outro barco, conseguiu resgatar uma parte das vítimas. Em seguida, a embarcação saiu da área de perigo, indo em direção à Marina Almar, onde atracou.

Barco de pesca virou durante entrada da barra em Itanhaém, SP — Foto: Alessandro Lima/Arquivo Pessoal

Barco de pesca virou durante entrada da barra em Itanhaém, SP — Foto: Alessandro Lima/Arquivo Pessoal

 

Uma das vítimas, segundo Oliva, estava quase inconsciente. Sem manta térmica para reverter o quadro, ele precisou deitar sobre o pescador, já na areia, para aquecê-lo com seu corpo. “Foi quando disseram que um rapaz havia ficado no barco, pois estava dormindo. Era o que não havia aparecido”.

 

Com o auxílio de um machado, Oliva e os outros dois amigos foram em direção ao barco, que chegou à costa sozinho, de ponta cabeça, devido à força das ondas. Eles começaram a quebrar o casco em busca de alguém, mas logo em seguida, receberam a notícia de que o corpo da vítima já havia aparecido.

 

 

Anderson Rogério da Silva Leitão, de 39 anos, morreu após barco virar no mar em Itanhaém (SP) — Foto: Reprodução/Facebook

Anderson Rogério da Silva Leitão, de 39 anos, morreu após barco virar no mar em Itanhaém (SP) — Foto: Reprodução/Facebook

 

Anderson Rogério da Silva Leitão, de 39 anos, foi encontrado sem vida a cerca de 300 metros de onde o casco do barco encalhou. Ele fazia parte de um grupo de 26 pescadores amadores da capital paulista, que havia alugado duas embarcaçãos para pescar em alto mar.

 

Assim como parte dos ocupantes, Leitão não usava de colete salva-vidas. “Parece que ele tentou sair do barco no último instante, mas já foi tarde. Os que não estavam com ele [colete] se apoiaram em pedaços de madeira, botijão de gás, ou como podiam”, explica.

 

Pescadores retiram coletes do barco Pampo IV, que virou no mar em Itanhaém (SP) — Foto: João Amaro/G1

Pescadores retiram coletes do barco Pampo IV, que virou no mar em Itanhaém (SP) — Foto: João Amaro/G1

 

O corpo de Leitão foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Praia Grande para exames de praxe. As outras vítimas foram para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, atendidas e liberadas. O grupo de pescadores retornou à capital paulista, por meio de um ônibus fretado, logo após prestar esclarecimento à polícia no local, no início da tarde de domingo.

 

 

Equipes da Marinha do Brasil acompanharam os trabalhos de remoção do barco da areia. A Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP), órgão da Marinha do Brasil, informou que apura causas e responsabilidades sobre o ocorrido. A Autoridade Marítima disse que o barco acidentado tinha lotação máxima, mas ainda apura se estava em condição regular.

 

Grupo de pescadores da capital paulista foi embora após acidente em Itanhaém, SP — Foto: João Amaro/G1

Grupo de pescadores da capital paulista foi embora após acidente em Itanhaém, SP — Foto: João Amaro/G1

 

Guincho foi usado para desvirar o barco na orla de Itanhaém, SP — Foto: João Amaro/G1

Guincho foi usado para desvirar o barco na orla de Itanhaém, SP — Foto: João Amaro/G1

 

Coletes e equipamentos da embarcação ficaram espalhados pela praia de Itanhaém, SP — Foto: G1 Santos

Coletes e equipamentos da embarcação ficaram espalhados pela praia de Itanhaém, SP — Foto: G1 Santos

 
 
 
 
 
Ultimas Noticias
 

 
 
   
Barco vira após ser atingido por ondas em Itanhaém,  
   
 
   
MPT está com inscrições abertas para seleção de estagiários  
   
 
   
Candidatura do Coronel Charlon, do PRTB é indeferida pelo TRE  
   
 
   
PF. prende quadrilha especializada em furtar bancos e Correios  
   
 
   
Rondônia registra quase 8 mil focos no ano  
   
 
   
Bolsonaro evolui bem após cirurgia no intestino  
   
 
   
Onça e filhote são flagrados por turistas ao atravessarem rio  
   
 
   
Suspeitos tentam atirar na cabeça de vítima e arma falha  
   
 
Mais Noticias

 
 
Polícia apreende 50 comprimidos de LSD em transportadora de Jaru
 
Pescadores encontram motocicleta dentro do Rio Jaru
 
Temporal deixa rastro de destruição em Jaru
 

 
 
 
 

 

 
 
 
 
 
 
 

 

 
logo
CURTA NOSSA PAGINA
logo  
Radio Nova Jaru FM 94,1
Nossa Empresa
Nova Jaru FM - 94.1 FM Jaru - RO - http://www.novajarufm.com.br/
Contato
(69)3521-6657 / 99254-8700 // Rua Governador Jorge Teixeira Setor 07 //Jaru-RO - CEP 76890000
radionovajarufm@gmail.com
 
Desenvolvido por Firewall System ltda - Jaru - Rondonia // Webmaster Gilson Fagner // (69)3521-1272 - 99272-0831

Todos os Direitos Reservados a Radio Nova Jaru fm 94,1