O WhatsApp Beta atualizou a opção “apagar mensagem” para estabelecer novos limites ao destinatário, segundo divulgou o perfil WABetaInfo na última quinta-feira (11) via Twitter. A alteração restringe o tempo para uma conversa ser apagada após o recebimento: 13 horas, 8 minutos e 16 segundos. Ou seja, caso o destinatário não tenha recebido o pedido de exclusão dentro desse prazo, o conteúdo ainda poderá ser lido.

Isso é possível em casos em que o usuário fica com o celular desligado por um longo período de tempo ou sem sinal de Internet, por exemplo. Até o momento, o novo padrão não está disponível no aplicativo oficial – apenas na versão de testes. A expectativa é de que novidade chegue a todos os sistemas operacionais compatíveis, seja em smartphones Android e iPhone (iOS), como na versão web para Windows e macOS.

De acordo com o Twitter especializado em adiantar as novidades do WhatsApp, o objetivo seria proteger conteúdos antigos contra o abuso de alguns usuários, que usariam versões modificadas do app para apagar mensagens enviadas a semanas, meses ou até anos atrás. Dessa forma, eles infringiriam as políticas de privacidade da rede social. Apesar da mudança, a solicitação de exclusão pelo remetente permanece a mesma: 1 hora, 8 minutos e 16 segundos.

Vale lembrar que o recurso “apagar mensagem para todos” foi lançado oficialmente no final de outubro de 2017, após testes na plataforma Beta do mensageiro. Assim, a aplicação só poderia ser feita em compartilhamentos realizados a partir dessa data. No início, o prazo de cancelamento de um recado enviado era de até sete minutos. Posteriormente, em março deste ano, ele foi estendido para o limite atual. A função consegue reverter o envio de qualquer conteúdo pelo WhatsApp, como texto, fotos e arquivos transmitidos para outros usuários.

Mensagem apagada no WhatsApp poderá ser lida em alguns casos, a partir de nova atualização do mensageiro — Foto: Aline Batista/TechTudo

Comentarios

Comentarios

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here