O Desembargador Renato Martins Mimessi, do Tribunal de Justiça do estado de Rondônia, suspendeu em decisão monocrática, o mandato do Prefeito de Governador Jorge Teixeira por tempo indeterminado. No documento o magistrado alega que João Alves Siqueira (João Paciência) a frente do executivo municipal poderia ocultar provas relacionadas a operação ‘Abrindo o Jogo’ e que no exercício do cargo o prefeito usaria de sua influência e atuaria para a ocorrência das supostas infrações penais. Leia abaixo o documento.

cristiano

Uma segunda etapa da operação Abrindo o Jogo encabeçada pela Policia civil e pelo Ministério público ocorreu na manhã desta sexta-feira, 12, na cidade de Jorge Teixeira, com mandados de busca e apreensão em endereços do Prefeito municipal e no prédio da Prefeitura.

Na Prefeitura, computadores do gabinete do prefeito, do departamento de transportes e da secretaria de Obras foram apreendidos pelos agentes de Polícia.

Na residência de João paciência, conforme apurado, foram encontradas munições para arma de fogo, fato que ocasionou a condução do Prefeito até a Delegacia de Policia em Jaru.

O Delegado Cristiano Matos foi até a residência do vereador Jurandir dos Santos, presidente da Câmara, e entregou a notificação da suspensão do mandato do Prefeito municipal para conhecimento do poder legislativo.

Ainda conforme informações preliminares, a suspensão do mandato de Paciência decorre de um pedido feito pelo Delegado que conduz as investigações e o Ministério público estadual. Advogados do Prefeito já se mobilizam para reverter a situação.

Em instantes todos os detalhes.

Portal JT

Comentarios

Comentarios

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here