A Polícia Civil, através do delegado Dr. Ary Batista Batisti, alerta a população de Rondônia sobre uma nova modalidade de golpe aplicada por estelionatários que já teria feito pelo menos duas vítimas em Jaru. Os crimes relacionados à venda de veículos através da Internet vem sendo investigados pela PC e já teriam causado prejuízos de aproximadamente R$ 70 mil a duas vítimas.

Segundo o Dr. Ary, o golpista pega informações sobre um determinado veículo anunciado para venda e depois cria outro anúncio com as mesmas características com valor mais baixo para atrair as vítimas.

Ao entrarem em contato com o golpista, os interessados em comprar é informado que o veículo está em posse de um suposto primo do falso vendedor. O estelionatário então entra em contato com o verdadeiro dono do veículo e diz que está intermediando a venda por um valor acima do que ele vinha pedindo no anúncio inicial e que ganharia um certo valor de comissão, mas que havia dito ao interessado na compra que ele era seu primo e o mesmo teria que confirmar para não estragar o negócio, que também deveria ser fechado por ele. O verdadeiro dono veículo então leva o carro para mostrar para o comprador, que é informado que a venda deve ser fechada com a pessoa que ele teria entrado em contato primeiro. Aí que o golpe se concretiza, o estelionatário pede que o comprador deposite um sinal, que corresponde a mais da metade do valor do veículo, mas ao tentar pegar o carro os dois descobrem que se trata de uma fraude.

O delegado informou ao site Anoticiamais que o comprador de um Toyota modelo Corolla teria depositado R$ 30 mil na conta do golpista e outra vítima que estaria comprando um Volkswagen Saveiro depositou R$ 35 mil. Há suspeita de que os dois golpes foram aplicados pelo mesmo estelionatário por causa da semelhança no modus operandi (forma de agir do estelionatário).

O golpe do falso intermediário vem sendo investigado e o delegado acredita que, apesar de não ver ligação entre o verdadeiro vendedor do veículo e o golpista, o proprietário do veículo pode ser responsabilizado.

O Dr. Ary Batisti alerta que os interessados em vender veículos devem priorizar as tratativas diretamente com os compradores, sem intermediadores, e que as pessoas interessadas na compta de um carro ou moto, que também tomem mais cuidado e só depositem a quantia combinada após estar de posse do veículo e de sua documentação.

Fonte: Anoticiamais

Autor: Flávio Afonso

 

Comentarios

Comentarios

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here