Um homem de 40 anos foi assassinado com quatro disparos de arma de fogo na última quarta-feira (1°) em frente a uma revendedora de veículos localizada na Avenida Jaru, Setor 5, em Ariquemes (RO), no Vale do Jamari.

Segundo a Polícia Militar (PM), dois suspeitos chegaram no local em uma moto e o passageiro efetuou os tiros contra a vítima.

Homem é assassinado com quatro tiros em frente a revendedora de veículos em Ariquemes (Foto: Rede Amazônica/Reprodução)

Homem é assassinado com quatro tiros em frente a revendedora de veículos em Ariquemes (Foto: Rede Amazônica/Reprodução)

Segundo o boletim de ocorrência, a polícia foi informada de que havia acontecido vários disparos de arma de fogo na frente do estabelecimento localizado na Avenida Jaru. Ao chegarem no local, o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) prestava os primeiros socorros à vítima e se constatou que ele estava sem vida.

Testemunhas disseram à PM que a vítima chegou ao local em uma motoneta e se sentou em uma calçada na frente da revendedora. Momentos depois, dois suspeitos chegaram em uma motocicleta, sendo que o passageiro desceu do veículo e caminhou na direção da vítima.

O infrator sacou uma arma de fogo e efetuou cerca de sete disparos na direção do homem, que tentou correr do suspeito, mas caiu na calçada em seguida. O suspeito retornou à motocicleta e fugiu do local com o suspeito sentido a BR-364.

Os militares isolaram o local do crime e acionaram a perícia técnica para realizar os trabalhos investigativos. Durante os procedimentos, a perícia constatou que a vítima apresentava quatro ferimentos provocados pelos disparos.

Vítima tentou correr de suspeito, mas ele caiu ao ser atingido pelos disparos (Foto: Rede Amazônica/Reprodução)

Vítima tentou correr de suspeito, mas ele caiu ao ser atingido pelos disparos (Foto: Rede Amazônica/Reprodução)

Um dos disparos atingiu a região frontal do tórax e saiu pelas costas, dois tiros atingiram a vítima nas costas e um o atingiu na mão esquerda. A perícia encontrou no local duas munições intactas de calibre 380 e cinco cápsulas deflagradas do mesmo calibre.

Após os procedimentos, o corpo do homem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Ariquemes. A PM realizou buscas pelos infratores, mas nenhum deles foi encontrado.

O crime foi registrado na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Ariquemes, onde a Polícia Civil investiga o homicídio.

Comentarios

Comentarios