A Centrais Elétricas de Rondônia, antiga Ceron, hoje Eletrobras, será vendida pelo valor simbólico de cinquenta mil reais.

Uma das empresas que está de olho na Eletrobras Rondônia é a Equatorial Energia, que comprou a distribuidora do Piauí na manhã desta quinta-feira. Foi a única empresa a dar lance no leilão.

A Eletrobras pretende vender suas distribuidoras nos estados do Acre, Amazonas, Rondônia, Roraima e Alagoas. As companhias foram colocadas à venda por um valor simbólico, de R$ 50 mil. O principal objetivo da estatal é se desfazer dos ativos, hoje deficitários.

O preço simbólico das empresas estatais se deve à dívida bilionária acumulada por elas ao longo de décadas.

A Equatorial afirmou que a empresa está “olhando” estas distribuidoras.

O leilão da Eletrobras Rondônia e das demais empresas está previsto para o dia 30 de agosto.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, o governo espera que, até lá, seja aprovado pelo Senado um projeto de lei que resolva a dívida bilionária das distribuidoras, o que deverá viabilizar principalmente a venda das empresas do Norte do país. O texto já passou pela Câmara, mas a votação no Senado ficou para depois do recesso parlamentar de meio de ano.

Tudorondonia

Comentarios

Comentarios