Logo de início, o desafio mostrou não ser dos mais difíceis. Diante de uma jovem e inexperiente Argentina, o Brasil se permitiu até a alguns erros primários. Nada que trouxesse alguma dificuldade em uma tarde tranquila em Ancara, na Turquia. Em 3 sets a 0, parciais 25/9, 25/21 e 25/14, a seleção arrasou as rivais pela Liga das Nações. Tandara, sempre fundamental no esquema de José Roberto Guimarães, nem precisou entrar em quadra…

Melhores momentos de Brasil 3 x 0 Argentina pela Liga das Nações de Vôlei feminino

Melhores momentos de Brasil 3 x 0 Argentina pela Liga das Nações de Vôlei feminino

Na intenção de fazer sua seleção rodar, Zé fez algumas mudanças na equipe. Tandara, poupada, deu lugar a Monique. E a oposta do Sesc correspondeu. Deixou a quadra como maior pontuadora, com 16 pontos. Amanda terminou com 12, enquanto Drussyla fechou com 10. Do lado das argentinas, Elina Rodriguez fez oito pontos.

A seleção volta à quadra nesta quinta-feira. Também às 8h, no horário de Brasília, a seleção enfrenta a República Dominicana na despedida da segunda semana de competição. O SporTV 2 transmite ao vivo.

Agora, a seleção soma quatro vitórias em cinco jogos. Na próxima semana, a seleção vai para Apeldorn, na Holanda, para enfrentar as donas da casa, a Coreia do Sul e a Polônia.

O Brasil foi à quadra com algumas mudanças. Carol voltou ao time titular no lugar de Adenízia, e Monique deu um descanso a Tandara. E o começo foi o melhor possível. Diante de um time jovem e inexperiente, a seleção não teve muito trabalho para disparar. Sem esforço, chegou a 11/3. O time até se deu ao direito de cometer alguns erros. Nada que impedisse uma vitória tranquila na primeira parcial: com ponto de Monique, 25/9.

Drussyla, como nos jogos anteriores, foi à quadra no lugar de Gabi para o segundo set. A Argentina quis dificultar a vida das brasileiras. Chegou até a liderar a o placar em 6/5. O caminho já não era tão fácil, mas o Brasil não teve assim tantos problemas. Apesar de alguns erros bobos, a seleção fechou o set mais uma vez com Monique: 25/21.

No terceiro set, a Argentina não conseguiu manter o ritmo. Ao confirmar o rumo a uma vitória tranquila, Zé Roberto quis testar. Rosamaria e Mara foram à quadra, e a tranquilidade foi a mesma. As rivais pouco conseguiram fazer. No bloqueio de Rosamaria, fim de papo: 25/14.

Brasil teve vida tranquila contra a Argentina (Foto: Divulgação/FIVB)

Brasil teve vida tranquila contra a Argentina (Foto: Divulgação/FIVB)

Comentarios

Comentarios

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here