Representantes dos servidores da Companhia de Águas e Esgoto de Rondônia (Caerd) estiveram em reunião com a nova diretoria no fim da tarde desta quinta-feira (10) em Porto Velho. José Irineu Cardoso é o novo gestor da Companhia, após a destituição da ex-presidente Iacira de Azamor.

Segundo o Sindicato dos Urbanitários em Rondônia (Sindur), a reunião teve o objetivo de negociar os quatro meses de salários atrasados, motivo que levou a parte dos servidores a uma paralisação que já dura há quatro dias.

O sindicato afirma que, independente do resultado da reunião, uma assembleia com os servidores está marcada para as 9h da próxima sexta-feira (11) na sede da Caerd, localizada na Avenida Pinheiro Machado, na capital.

Nova diretoria

A nova diretoria da Caerd foi empossada na manhã desta quinta-feira (10) pelo Conselho Administrativo da Companhia. José Irineu Cardoso é o novo gestor.

Em seu primeiro dia no cargo, o novo gestor prometeu reduzir R$ 5 mil de seu salário, além de, junto como os novos diretores, abdicar das remunerações de membros do Conselho de Administração da Companhia. Segundo o Governo estadual, isso gerará uma economia mensal de R$ 1,2 milhão para a Caerd.

Os novos diretores técnico operacional, Vagner Marcolino Zacarini, e administrativo financeiro, Sérgio Galvão, também tomaram posse nesta quinta.

Comentarios

Comentarios