Afrânio (Antonio Fagundes) ficará revoltado com as brigas constantes que terá em casa com Martim (Lee Taylor) e Tereza (Camila Pitanga). Nos próximos capítulos da novela Velho Chico, ele afirmará que deserdará os filhos, deixando sua fortuna para seu sucessor nos negócios, Carlos Eduardo (Marcelo Serrado). Com o sumiço de Santo (Domingos Montagner), o coronel será chamado de covarde e acusado pelos herdeiros de mandar matar o agricultor. “Ninguém vai botá um só dedo! O que construí com sua ajuda vai pr’ocê quando eu me , Carlos Eduardo”, dirá o Saruê.

Martim chegará a dizer na cara do pai que voltou para a casa da família para “matar o maldito coronel” que surgiu após o verdadeiro Afrânio morrer. Já Tereza terá uma série de discussões com o pai, sempre o acusando de ser o culpado pela “morte” de seu grande amor, mesmo que não tenha mandado ninguém executar o assassinato.

No capítulo previsto para ir ao ar dia 16, o deputado verá o sogro deprimido e tentará levantar seu astral. “Estive do seu lado todos esses anos, coronel, sou testemunha que isso tudo foi erguido para essa família”, falará o político. “Família que não quer nada do que fiz! E não vai ficar com merda nenhuma”, gritará o coronel.

Carlos lembrará que os filhos e até o neto do Saruê, Miguel (Gabriel Leone), não querem agora, mas, depois de sua morte vão querer a herança, sim. “Além do que, sua família é o futuro, os descendentes que virão”, comentará ele. “Num vô tá aqui nem pra sabê o nome e, se tivé, num vão querêque eu veja nem o rosto deles”, resmungará, referindo-se aos novos possíveis netos e até bisnetos que nascerão.

Afrânio falará que tudo que construiu, o que inclui um nome que manda em toda a região de Grotas, tem um preço muito caro. “Ao redor do poder, é assim que o mundo gira, coronel! As pessoas se rebelam contra ele até verem que é inútil ou sentirem o gosto dele pela primeira vez. É assim com todos”, continuará o marido de Tereza.

“Cansei de esbravejar por coisa miúda, Carlos. Essa fazenda que fique com quem quiser. Essa ninharia foi tudo que painho me deixou, aliás metade disso. A outra é de dona Encarnação [Selma Egrei]. Não vou abrir mão da minha parte, mas não vou mais brigar por isso também”, falará o coronel. Em seguida, ele afirmará que deixará tudo pronto para nomear Carlos Eduardo como seu único herdeiro, já que “seus inimigos estão também debaixo de seu próprio teto”.

 

Comentarios

Comentarios

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here