Aos 95 anos e considerado a grande lenda viva dos quadrinhos, Stan Lee, de 95 anos, o “mago da Marvel”, está sofrendo nas mãos da única filha, J.C. Lee, de 67 anos. As informações são da revista The Hollywood Reporter. 

Segundo a publicação, Stan tem sido vítima de danos físicos e psicológicos, assim como sua saudosa mulher, Joan Lee, morta em julho do ano passado. Joan tinha 93 anos e foi casada com Stan por impressionantes 70 anos.

THR conseguiu um documento de fevereiro deste ano, assinado pelo próprio Stan Lee, no escritório de seu então advogado, Tom Lallas, onde ele acusa três homens – Jerardo “Jerry Olivarez (cuidador de Lee na época), Keya Morgan (atual cuidador de Lee) e Kirk Schenck (advogado de J.C. Lee) – de tentar controlar suas propriedades e dinheiro. Eles teriam influenciado sua filha, que exigia mudanças em seu testamento. Entre as alterações, estariam a transferência de propriedades para seu nome.

Segundo o documento, J.C. Lee está sendo enganada pelos três homens, que estão se aproveitando da solidão dela, que não tem amigos. Com isso, eles estariam conquistando cada vez mais controle sobre as propriedades e dinheiro quadrinista, criador de personagens como Os Vingadores, os mutantes X-Men, Demolidor e Homem-Formiga.

Lallas, então, foi demitido do cargo de advogado de Lee e contratou novas pessoas: um novo contador, um novo assistente, um novo cuidador e um novo jardineiro. Keya Morgan, então, começou a tomar conta da vida do quadrinista e, assim que ficou sabendo que o THR estava com o documento, Lee gravou um vídeo: “Minha relação com minha filha nunca foi melhor. E meu amigo Keya Morgan e eu temos uma ótima relação”.

A reportagem ainda explica que J.C. Lee teria machucado fisicamente seus pais em 2014. Um dia, ela chegou em casa e viu um Jaguar na entrada. J.C presumiu que o carro era pra ela, mas descobriu que o carro de luxo era alugado e ficou furiosa. Ao levar uma bronca da mãe – então com 92 anos – J.C. a puxou pelo braço e a jogou contra uma janela, fazendo com que Joan caísse no chão. Stan Lee (com 91 anos à época) começou a gritar com a filha e ela teria batido a cabeça do quadrinista contra uma cadeira.

Antigos cuidadores ainda afirmam que J.C. Lee costumava ligar para o pai durante o dia para gritar com ele e pedir mais dinheiro. Na declaração assinada em fevereiro, ele diz que “não é incomum ela pedir de 20 mil a 40 mil dólares em cartões de crédito”.

A última aparição de Stan Lee em um evento público foi na Silicon Valley Comic Con e muitos fãs relataram que parecia ele estava sendo sendo forçado a caminhar pelo evento contra sua vontade.

Stan Lee atualmente tem um patrimônio estimado entre 50 milhões e 70 milhões de dólares, recebendo cerca de 1 milhão de dólares da Marvel por ano.

Comentarios

Comentarios