Presidente do Conselho de Ética aceita denúncia contra Lindbergh Farias

Presidente do Conselho de Ética aceita denúncia contra Lindbergh Farias

by -
0 23

O presidente do Conselho de Ética do Senado, João Alberto (PMDB-MA), aceitou nesta quinta-feira (10) uma denúncia contra o líder do PT na Casa, senador Lindbergh Farias (PT-RJ).

Por se tratar de uma denúncia, e não de uma representação, as punições previstas são advertência ou censura (verbal ou escrita). Não cabe a punição com a perda temporária ou definitiva do mandato.

Em nota, Lindbergh disse que a denúncia é “ridícula”, acrescentando que o Conselho de Ética está “desmoralizado” por ter arquivado um pedido de cassação do mandato de Aécio Neves (PSDB-MG). Para o líder do PT, o autor da denúncia, José Medeiros (PSD-MT), está “querendo aparecer” (leia a íntegra da nota mais abaixo).

Conselho de ética do Senado decide arquivar denúncia contra senadoras que ocuparam mesa

Conselho de ética do Senado decide arquivar denúncia contra senadoras que ocuparam mesa

O objetivo da denúncia é apurar se o petista feriu o decoro parlamentar ao bater-boca com senadores do conselho durante a reunião da última terça (8), na qual foi arquivada a denúncia contra senadoras da oposição.

Por meio da assessoria, João Alberto disse que “há indícios de quebra de decoro” e, por isso, o caso deve ter continuidade.

A denúncia

A denúncia foi apresentada pelo senador José Medeiros (PSD-MT), mesmo parlamentar que apresentou a denúncia contra as oposicionistas que ocuparam a mesa do Senado para protestar contra a reforma trabalhista.

Na reunião em que essa denúncia foi arquivada, Lindbergh tomou a palavra para dizer que o caso era “uma palhaçada”. O petista, então, bateu-boca com os senadores Gladson Cameli (PP-AC), Airton Sandoval (PMDB-SP), Sérgio Petecão (PSD-AC) e com o próprio João Alberto.

Aos gritos, Lindergh dizia que era um “absurdo” o Conselho de Ética processar as senadoras sendo que havia arquivado um pedido de cassação do mandato de Aécio Neves (PSDB-MG).

O tucano foi acusado de ter pedido e recebido dinheiro de propina de Joesley Batista, dono da JBS.

Segundo a assessoria do presidente do conselho, será marcada uma reunião, ainda sem data prevista, para a escolha do relator da denúncia contra Lindbergh.

Íntegra

Leia abaixo a íntegra da nota de Lindbergh:

A denúncia contra mim é ridícula. Depois do arquivamento do caso do Aécio Neves, o Conselho de Ética do Senado Federal está desmoralizado. Eles precisam discutir o que é ética. No mais, o Senador Medeiros é apenas um oportunista sem voto querendo aparecer.

NO COMMENTS

Leave a Reply