Jaru: Falso oftalmologista que realizava consultas no interior do município é detido após denuncia

0
97

Um homem identificado como Vivaldo Barros Pinheiro, foi conduzido na manhã desta quinta feira(10), até a DPC (Delegacia de Policia Civil) para prestar esclarecimentos por estarem atuando como Técnico em óptica e optometria na linha 617.

Havia diversos panfletos que foram espalhados pela linha durante a semana comunicando que na data de hoje, estaria sendo feito o atendimento na sede da Associação ASPRUVAL, localizado na linha 617 km 22.

O chefe do Departamento de Vigilância Sanitária Eládio Pimentel, acompanhado por sua equipe e juntamente com a guarnição da Polícia Militar foram até o local estabelecido para as consultas, o qual já se encontrava com diversos pacientes aguardando para serem atendidos.

Ao ser questionado, o acusado apresentou um certificado de Técnico em óptica e optometria sem o selo de autenticação do órgão oficial, também foi verificado que Vivaldo não possuía o Alvará de funcionamento, e nem a licença da vigilância sanitária para o exercício de sua profissão, além de que o local era totalmente inadequado para exercer este tipo de atividade.

O acusado foi conduzido até a DPC, juntamente com todos os materiais e máquinas utilizados na confecção dos exames, para ser ouvido e prestou esclarecimento e foi indiciado por exercício ilegal da profissão. Em seguida foi liberado e irá responder um termo circunstanciado em liberdade.

    

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here